Categorias
Blog

COMO FUNCIONA A EMBREAGEM DE CARRO?

Você já se perguntou o que acontece no carro quando você pressiona o pedal da embreagem? Os motoristas com grande experiência estão familiarizados com a estrutura deste mecanismo, por isso nossa análise será útil para iniciantes.

Vejamos um pouco mais informações sobre o papel que a embreagem desempenha para a operação eficiente do carro, bem como o princípio do mecanismo.

O QUE É ADERÊNCIA E QUAL É O SEU PAPEL?

A embreagem é um componente importante de um dispositivo automotivo, cuja função é conectar (desconectar) o motor à caixa de câmbio. Em outras palavras, este é um tipo de dispositivo mecânico projetado para fornecer desconexão de curto prazo do motor da caixa de câmbio durante as mudanças de marcha.

Além disso, fornece transmissão de torque e protege a caixa de engrenagens contra danos causados ​​por sobrecarga, vibração, etc.

POR QUE UM MECANISMO É NECESSÁRIO?

Imagine dirigir um carro com um motor conectado diretamente à caixa de câmbio. Será impossível dar a partida no motor neste caso, pois o motor de partida acionará o virabrequim, mas também as rodas. Quando o motorista decide parar o carro enquanto dirige, ele terá que desligar completamente o motor. Se você dirigir sem embreagem, o motor do seu carro ficará sujeito a uma carga enorme e sua vida útil não será superior a alguns dias.

Para evitar que isso aconteça, os carros são equipados com uma embreagem, graças à qual o volante do motor se conecta e desconecta suavemente do eixo de entrada da caixa de câmbio enquanto o carro está em movimento. Assim, a embreagem é o principal elemento que permite a troca de marchas sem problemas e tristes consequências para o motor.

PRINCIPAIS COMPONENTES DA EMBREAGEM

Para entender como o mecanismo funciona, você precisa ter uma ideia do que o kit de embreagem inclui. Os principais componentes incluem:

  • unidade escrava;
  • volante;
  • placas de pressão;
  • rolamento de liberação;
  • corpo.

SLAVE DRIVE

Este disco está localizado entre o volante e a placa de pressão. Em ambos os lados há material de fricção (semelhante ao material da pastilha de freio).

  Falhas podem ser identificadas pelo ruído do motor?

Quando a embreagem é engatada, ela fica firmemente presa e o torque é transmitido devido à força de atrito. O eixo de transmissão da caixa é inserido nele, através do qual o torque é transmitido.

VOLANTE

O volante é montado no virabrequim do motor e atua como o disco principal. Geralmente tem duas massas e consiste em duas partes interligadas por molas.

PLACA DE PRESSÃO

O objetivo desta parte é criar pressão no disco acionado. Em modelos de carros mais antigos, essa pressão é criada usando molas helicoidais, e em modelos modernos, a pressão é criada usando uma mola de membrana.

ROLAMENTO DE LIBERAÇÃO

A função desse rolamento é aliviar a carga da mola por meio de um cabo ou controle hidráulico para que a transmissão do torque seja interrompida.

HABITAÇÃO

Todos os componentes do conector são montados juntos em uma caixa comum ou a chamada “cesta”. Como padrão, a carcaça é fixada ao volante.

COMO FUNCIONA A EMBREAGEM DE UM CARRO?

Quando o carro está em movimento, a embreagem está sempre ligada. Isso significa que a placa de pressão exerce pressão constante no disco de acionamento. Como esse disco está preso ao volante, que, por sua vez, está conectado ao virabrequim do motor, ele gira com ele para transmitir o torque do motor do carro à caixa de câmbio.

Depois de mudar a velocidade, o pedal da embreagem é simplesmente solto (ele sobe), a placa de pressão retorna ao seu lugar e a embreagem engata novamente.

TIPOS DE MECANISMOS

Embora todos esses mecanismos tenham um princípio de ação semelhante, eles são divididos em vários grupos:

  • dependendo do tipo de unidade;
  • por tipo de atrito;
  • pelo número de discos;
  • de acordo com o método de engajamento.

DEPENDENDO DO TIPO DE UNIDADE

Dependendo do tipo de acionamento da embreagem, são divididos em:

  • mecânico;
  • hidráulico;
  • elétrico.

MECÂNICO

As embreagens mecânicas são atualmente as mais comuns em automóveis. Este tipo de acoplamento consiste em um, dois ou mais discos de acionamento que são comprimidos entre molas helicoidais ou molas de membrana. A maioria das embreagens mecânicas são “secas” e são acionadas pressionando o pedal da embreagem.

HIDRÁULICO

Este tipo de embreagem usa fluido hidráulico para transmitir o torque. Os acoplamentos hidráulicos não possuem uma conexão mecânica entre o acionamento e o componente do acionamento.

ELÉTRICO

A diferença entre a embreagem elétrica e a mecânica é a presença de um motor elétrico na embreagem. Este motor é ativado quando o pedal da embreagem é pressionado. O motor move o cabo, desloca o rolamento de liberação e libera o disco de fricção para que as engrenagens possam ser trocadas.

FONTE:https://pt.wikipedia.org/wiki/Embraiagem