Categorias
Blog

A tecnologia que capacita seus serviços de streaming de vídeo favoritos

Com o advento das tecnologias de transmissão e rede digital, a necessidade de conteúdo de vídeo aumentou enormemente. As plataformas de streaming de vídeo permitem que as pessoas vejam os vídeos em qualquer lugar, a qualquer hora. O número de serviços de streaming de mídia está aumentando, o que significa que as opções são abundantes. Quando você considera como rotineiramente vemos vídeos através de aplicativos como Netflix ou YouTube, é difícil digerir que há algum tempo, era impossível ver ou transmitir vídeos de qualquer tipo pela internet. 

No início, simplesmente não havia a velocidade ou largura de banda que temos hoje para tornar isso possível. Hoje, com uma Internet mais rápida e tecnologias melhores, os provedores de serviços de conteúdo têm as tecnologias certas, como software de streaming de vídeo ao vivo, para se manterem competitivos e atender às expectativas de públicos em evolução. 

Por exemplo, por trás de uma nova série da Netflix com milhões de visualizadores estão a evolução da interface do usuário, operações de back-end de dados alimentadas com eficiência e vários pipelines de streaming de vídeo complexos. Neste blog, vamos analisar o cenário competitivo de streaming de vídeo e o lado da tecnologia do streaming de vídeo. 

O núcleo da complexidade técnica para lidar com o streaming de vídeo é uma verdade pura. A Internet não foi criada para transmitir vídeos de alta qualidade para milhões de espectadores simultaneamente. As pessoas falam sobre a tecnologia de streaming como se o conteúdo da TV acabasse de ser carregado pela Internet. A Internet não foi projetada para isso e não pode lidar com isso fisicamente. 

Fonte: Reprodução: Pinterest

Como o vídeo é transmitido pela Internet

Para entender como o streaming de vídeo funciona em um nível mais profundo, vamos voltar ao básico. Os populares serviços de streaming gastaram milhões de dólares montando sua infraestrutura de streaming para transmitir conteúdo sob demanda pela web. Se você está aprendendo como fazer um site de streaming de vídeo, deve descobrir maneiras eficazes de distribuir vídeos para um grande número de dispositivos e telas. 

Ninguém prefere assistir a filmes ou programas que não transmite suavemente na resolução escolhida. Se você pegar o caso do Netflix, para garantir uma entrega de serviço confiável, ele usa um sistema de entrega de conteúdo personalizado que permite uma redução no backhaul necessário para oferecer uma ótima experiência do usuário. Da mesma forma, você pode contar com a melhor plataforma de streaming de vídeo de código aberto para oferecer uma experiência de visualização confiável. 

A Netflix usa infraestrutura CDN da AWS da Amazon que armazena em cache, transmite dados do POP e restringe os dados de que precisa dos serviços de hospedagem em nuvem. O gigante do streaming reduz suas despesas operacionais gerais dessa forma. Na última década, a conectividade entre dispositivos tornou-se muito melhor banda, a possibilidade de entregar streams de alta qualidade para os telespectadores simultaneamente também é possível atualmente. 

Como a TV, o streaming não é um meio estático. No cenário sob demanda, o público consome vídeos em seu próprio tempo e do seu jeito. Para entregar um vídeo a qualquer dispositivo que o espectador esteja assistindo, seja em um desktop, laptop, smartphone, tablet, smart TV ou mesmo em um console de jogo, ele precisa passar por várias etapas. 

O streaming over-the-top ou OTT, como é popularmente chamado, pode ser dividido em 5 etapas e são as seguintes. Se você está procurando maneiras diferentes de iniciar um serviço de streaming como o Netflix, entender essas etapas é essencial.

Ingestão

O streaming de vídeo usa conteúdo gravado ou ao vivo. Com a transmissão ao vivo, o conteúdo é capturado e reproduzido ao vivo ao mesmo tempo. 

Transcodificação 

O vídeo é então transcodificado, o que significa que é convertido de um formato de arquivo para outro. 

Gestão

Isso inclui coisas como proteção de conteúdo, gerenciamento de direitos digitais e inserção dinâmica de anúncios, se você seguir um modelo de negócios baseado em anúncios. 

Fonte: Reprodução: Pinterest

Entrega e reprodução

O stream de vídeo final é então distribuído pela Internet e atinge os espectadores por meio de vários dispositivos. No entanto, o processo é mais complexo do que parece e é necessário entender o conceito se você quiser aprender como iniciar um site de vídeo sob demanda. 

Um dispositivo de transcodificação recebe um fluxo de vídeo codificado que é decodificado em um vídeo bruto, alterado e, em seguida, recodificado novamente e a saída é várias variantes. Por exemplo, se seu fluxo original for 1080p, a transcodificação o ajudará a criar fluxos alternativos como fluxos 480p e 720p. Como seus visualizadores têm uma faixa diferente de velocidades de rede e capacidade de exibição, a transcodificação os ajuda a assistir a transmissão em quase todos os dispositivos com clareza.

Além disso, existe um padrão para codificação e, pelo mesmo motivo, os arquivos de vídeo devem ser agrupados de maneira diferente para cada plataforma para a qual são entregues. Um único fluxo de vídeo pode ser encerrado até 20 vezes ou mais, dependendo dos dispositivos aos quais é entregue. 

Explicação das redes de distribuição de conteúdo

Quando se trata de streaming de vídeo, a entrega de streams de vídeo de forma rápida e confiável em todo o mundo é igualmente importante. É aí que as redes de entrega de conteúdo ou CDN entram, oferecendo serviço de streaming, uma matriz distribuída de data centers para armazenar em cache e transmitir vídeos localmente para usuários próximos. 

Um CDN nada mais é do que uma rede de servidores interconectados para transportar arquivos de mídia. O CDN acelera a entrega de conteúdo ao armazenar em cache o conteúdo de diferentes sistemas e servidores e entregá-lo ao usuário mais próximo que solicitar o conteúdo. É usado principalmente para acelerar a entrega de conteúdo e enriquecer as experiências do usuário, eliminando atrasos e atrasos. 

Benefícios do CDN

Os CDNs facilitam a entrega mais rápida de vídeos e oferecem outros benefícios importantes, incluindo as seguintes vantagens. Ao conectar servidores em todo o mundo, os CDNs criam um caminho que reduz o tempo que leva para enviar streams de vídeo da origem aos usuários. Compartilhar a carga em uma rede também melhora a escalabilidade. 

Escalabilidade

Este é o benefício mais importante de usar um CDN; é a maneira mais rápida e confiável de fornecer conteúdo a um grande número de usuários em qualquer lugar do mundo. Os CDNs podem acomodar facilmente o pico de visualização e uma grande audiência ao vivo. 

Confiabilidade

O tempo de atividade é um dos elementos mais críticos quando se trata de streaming de vídeo. Um bom CDN ajuda no balanceamento de carga, distribuindo o tráfego de rede uniformemente em todos os serviços, facilitando o escalonamento de picos de tráfego rápidos. 

Fonte: Reprodução: Pinterest

Segurança de dados

A segurança de dados é parte integrante de um CDN. Ajuda a manter um site seguro com novos certificados SSL que garantem um alto padrão de criptografia, autenticação e segurança. Os CDNs oferecem uma camada extra de segurança e evitam ataques de negação de serviço distribuída (DDoS) que ocorrem quando um site enfrenta várias tentativas de violação. Isso ocorre porque um CDN com vários pontos de acesso causa failover. 

Rapidez

Os CDNs fornecem conteúdo de mídia em baixa latência, pois usam redes rápidas para enviar fluxos de vídeo para uma ampla gama de públicos em todo o mundo. Mesmo se seu ISP ou rede local causar uma entrega lenta, seu CDN ajudará a ignorar qualquer tráfego intermediário. 

Qualidade

O streaming via CDN ajuda a obter a melhor qualidade possível de vídeo e áudio. Ele também oferece a melhor experiência do usuário aos visualizadores, reduzindo atrasos e buffering.

Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Streaming_media